Amei-te na praça e nem sabes quem sou

Prometi que seria breve e hoje voltarei a escrever-te. Sei que aguardavas notícias minhas. Não. Não vais parar agora. Mesmo que quisesses, não conseguirias. Hoje vi-te na praça, sabes? Olhei-te com atenção e ofereci-te um sorriso. Declinaste. Não me viste? Não aceitaste? À noite, sonharei que te beijei nesta praça, que te ofereci os meus… Read More Amei-te na praça e nem sabes quem sou

Esqueceria o meu destino para viver o nosso

Se me quisesses, seria teu. Se te quisesse, serias minha. Sabemos que é assim e gostamos. Perdes tempo a procurar razões sofríveis que te levem para longe de mim. Não consegues. Eu sei. Os dias passavam e ansiavas receber notícias minhas. Eu? Anseio por ti. Quando nos encontramos, perdemo-nos nos olhares que trocamos. És a… Read More Esqueceria o meu destino para viver o nosso